Testei: Round Lipstick NYX – Fire

Oie!!! Fiz resenha de dois batons dessa mesma coleção e ficou faltando três, então vou retomar as resenhas para mostrar pra vocês.

O Fire é um vermelho rosado, bem cremoso, de fácil aplicação, muito hidratante.

A durabilidade não é tão boa quanto a do Chic Red (resenha aqui), mas dura umas 2 horas sem problemas.

O cheiro é delicioso.

Vamos as fotos:

Vale super a pena, mesmo a duração não sendo excelente, ele tem uma cor linda e está sempre na minha bolsa de maquiagem para o dia a dia.

E você? Já usou o Fire, ou algum da linha Round Lipstick? Qual é o seu favorito?

Beijocas

Primer para olhos da Jordana: BOM, BONITO E BARATO!

Como prometido no facebook, a resenha de hoje é sobre um primer que bate SUPER de frente com os mais famosos primers para olhos que vocês conhecem. E é exatamente isso que eu vou mostrar para vocês aqui, agora, já!
O primer em questão é de uma marca SUPER baratinha, mas não menos incrível, a Jordana (USA), tem produtos de ótima qualidade. Eu mesma já tenho 3 blushs da marca, e eles são incríveis, hiper pigmentados e com uma duração muito boa, e sério, paguei menos de 4 doletas na época.

Mas, vamos ao que interessa. Já tinha visto muita guru americana usar este primer, mas né… Eu estava super na vibe do Primer Posion, Shadow Insurance (que eu sou APAIXONADA) e muitos outros e acabava sempre por deixar de lado o primer baratinho da Jordana. Mas, enfim me rendi. E então, Loves in the air…
Ele vem em uma embalagem com 1,8g bem “podrinha” mas isso não desmerece o produto em NADA. Ele é uma pastinha com fundo rosado ( que não influencia na cor da sombra), bem fácil de aplicar, costumo aplicá-lo com os dedos mesmo, sem mistério. Outra coisa legal, é que ele espalha com muita facilidade, e um pouco do produto rende muito. Mas, vamos parar a rasgação de seda na resenha, porque o que importa aqui, vocês veram AGORA.
Na foto abaixo, fiz swatches com diferentes marcas de sombras, e sério, para não rolar aquele comentário, a gata usou só sombras da MAC para fazer swatches e vem mostrar a potência do primer, balela né? Eu usei sombras de várias marcas diferentes, nacionais e internacionais desde as mais baratinhas até as mais caras.

Da esquerda para direita, sendo o primeiro swacthe SEMPRE das sombras sem primer, seguido de um com o primer. Nome das sombras:

  1. Preta Black – Nyx;
  2. Roxa Beringela cintilante – Contém 1g;
  3. Azul Moon’s Reflection – Mac;
  4. Amarela Paleta 88 cores Prism – Coastal Scents;
  5. Rosa antigo 214 – Artdeco;

E é ai que vocês me falam, mas isso não prova nada gata, swatches sem comparação com outros primers, não vale de nada. Então, eu mostro para vocês um swatche feito com uma cor laranja metalálico da Paleta de 88 cores Metal mania da Coastal Scents, usando 3 primers diferentes: o da Jordana, o Shadow Insurance (resenha aqui), e um que é super conhecido de vocês o primer para olhos do O boticário (O antigo potencializador de sombras).

Como vocês puderam ver, o swatche com o primer da jordana não deixou a dever em NADA o famoso e CARO primer da Too faced.
Agora que já sabemos que ele realmente ajuda na intensidade das sombras, será que ele é tão bom assim nos quesitos fixação e durabilidade? Bora lá, que eu testei mais uma vez o bonito. Fiz uma maquiagem usando tons bem claros como: amarelo, laranja e um rosa avermelhado da paleta de 88 cores Prism da Coastal Scents. Não utilizei nada a mais do que o primer da Jordana, nem jumbo, nem paint pot NADA. Fiquei com ela durante 6 horas, e tendo em conta que estamos na primavera por aqui (PT) minha alergia está em alta, e coçar os olhos é INEVITÁVEL. E adivinhem? A maquiagem ficou quase toda no lugar, perdeu um pouco do brilho e intensidade das cores, principalmente no canto interno, mas mesmo assim me surpreendeu e MUITO.

O preço é coisa mais ridícula do mundo, paguei 1,99 doletas no Cherry culture ( é preciso cartão de crédito internacional). Quando eu morava no Brasil me recordo de ter visto muitas vezes alguns produtinhos da Jordana no Bairro da Liberdade, por preços bem camaradas. Então provavelmente vocês poderam encontra-lo por lá também.
E ai, vocês acham que vale a pena investir?
Beijinhos

“Make do dia”: Reflects Glitter Bronze.

A maquiagem de hoje foi pura sobreposição de cores metálicas em tons de marrom, dourado e bronze. E para fechar ainda usei oReflects Glitter Bonze da Mac. Eu gostei bastante, e tive como inspiração um tutorial feito pela Flavinha (Fla 1982)

Minha versão ficou mais clara que a dela e com um delineado mais dramático mas, foi só uma questão de gosto :D

Não contente com um delineado clássico, fiz um gatinho ainda maior( minha veia Drag, SEMPRE fala mais alto)

Produtos Utilizados:

- Primer para Olhos, Jordana;

- Sombras Champagne, Marrom acobreado, Bronze, Dourada, Preto com brilhos – Paleta 88 cores metal mania Coastal Scents;

- Blush Harmony ( utilizado com sombra de transição), Mac;

- Reflects Glitter Bronze, Mac;

- Lápis preto Khôl & Countour, Bourjois;

- Delineador em gel Fluidline Blacktrack, Mac;

- Máscara para cílios Zoom Lash, Mac;

Gostaram :D

;*

 

Tutorial – Dramatic Red

Olá bonitas! Quanto tempo que eu não posto um tutorial né.

Eu AMO maquiagem com vermelho nos olhos, acho super chique e dramático, mas eu nunca conseguia achar um jeito de encaixar a cor na make.

Hoje eu fiz uma tentativa e acho que deu certo.

Vamos ao tutorial?

Começando como sempre, aplique um meio de fixar a sombra, aqui usei um corretivo da NYX. Depois passe a sombra vermelha em toda a pálpebra móvel.

Com uma sombra marrom faça movimento de vai e vem com um pincel médio por cima da sombra vermelha e depois faça a mesma coisa com a sombra preta usando um pincel grande de esfumar.

Caso necessário aplique novamente o vermelho. Sombra branca abaixo da sobrancelha para iluminar.

Sombra vermelha na linha dos cílios inferiores e várias camadas do seu rímel favorito.

Blush rosado. Destaque nos olhos, boca nude.

E está pronto, meninas!

Espero que vocês tenham gostado. Quem quiser pedir algum tutorial é só deixar um comentário ou pedir pela nossa página no facebook.

Um beijo grande, Cami.

A verdade que ninguém diz: Base Make Up Forever HD compensa?

É, troquei o título clichê “Testei” por um título maaais chamativo :P
Muito beeem!

Depois que eu abri a lojinha, eu comecei entender o que realmente pira a cabeça da mulherada. Gosto é gosto, né? Então o que é um produto muito waaaant pra mim, pode não ser pra você.

É o caso da nossa base da Make Up Forever HD, vulgo MUF. Eu comprei a base meio sem nem saber o que tava fazendo. Uma vendedora me indicou e, pra ser sincera, só usei uns dois meses depois que cheguei de viagem. Isso aconteceu porque eu não conhecia a fama base. Então nunca tive vontade/tempo pra fazer uma resenha detalhada dela.
Mas retomando ao assunto, eu citei o gosto das meninas da loja porque ela é uma base procuradíssima! Tão procurada que eu fui pesquisar o que chamava tanta atenção assim, já que pra mim é só mais uma base (e cara! mais cara do que as da MAC).

A fama da MUF HD teve seu estopim com esse vídeo:

Então ÓBVIO que todas quer, todas grita.

Mas eae, Gleici?

A base possui 30ml e a minha cor é a 120. Corrigindo o que eu disse anteriormente sobre as cores, essa tabela simplifica tudo:

A embalagem é prática e o pump higiênico. O corpo da base é revestido por um plástico, que, se não é acrílico, é parecido. O que me confunde bastante é essa coloração dentro do corpo da base, que sempra dá a impressão de que a base nunca acaba! Parece que é pintado por dentro ou a formulação não deixa o produto escorrer. Ou seja, não dá pra saber onde a base está e qual a quantidade disponível.

O pump não desperdiça produto! Yeah! Ganha pontos comigo, porque os pumps da MAC só me fazem chorar. Podem notar que o acabamento na mão fica beeem suave, preservando ali as linhas e demais marcas da pele.

O teste da cobertura:

BUH! Olá, sardas! Minha pele é BEM manchada e cheia de pintinhas. Pra cobrir 90% das imperfeições, eu preciso aplicar a base em dois passos:

  • Cobertura total na pele
  • Repassar nas manchinhas mais aparentes e pintinhas

Pra mim, o que realmente faz toda a magia do produto é o tipo de cobertura. Você não sente que está com base, pois o produto é bem leve e de fácil aplicação.  O cheiro é nota 10, pois além de super suave ao aplicar, some completamente 15 minutos depois.

Porque essa base não ganha meu coração por inteiro gay:

Ela não segura em NADA a oleosidade! E olha que a minha pele NÃO É oleosa! Ela aumenta a oleosidade sim! Não apenas não segura, como também deixa o brilho mais evidente

A durabilidade dela também deixa a desejar. Ela começa a sair nas bochechas nariz e testa.

Cara, eu não faço a menor ideia porque ela é tão superestimada! Ela é boa sim, mas não é a melhor coisa do mundo.

Vai ter gente falando “Fia, se você quiser durabilidade, compra prologwear“. Eu não gosto da prolongwear porque ela é pesada demais pro dia a dia. :/

O que geralmente eu faço é usar a MUF  e ir retocando com a Studio Fix Powder (resenha), mas isso só quando eu faço uma produção pra noite e tal. Pro dia a dia é studio fix no coração. (L)

Resumindo: Compensa comprar? Ah, não! U$40 dólares é muito.

Quer investir? Invista em MAC ;) Matchmaster (cheiro forte) ou na Studio Fix Powder, que, além de mais baratas, não vão te fazer de frigideira. ihaioahaiahaiahoaih

Então, meninas! Essa é a minha mais sincera opinião sobre o produto. Porém, deu certo para várias pessoas. Quem sabe não dá certo pra você ;D

Alguém já testou?
Gostaram da resenha?
;*

_______________________________________________________________________________

UPDATE

Ah, só queria deixar bem claro que, quando uso outras bases como a prolongwear, dior, etc., NENHUMA reage dessa forma.
Minha pele pode ter tendência a ficar oleosa sim! Mas isso depois de um dia inteiro correndo e transpirando, e não em 4 horas, entendem?

Logo, afirmo e reafirmo: Além de não segurar o oleosidade, a base deixa a pele mais oleosa sim! E nos pontos onde a oleosidade fica mais evidente, ela começa a sair.

E pesquisei em outros blogs também. Nesse, a Sandra Harumi elogia bastante a base, mas diz que 3 horas depois precisa usar um anti-brilho.  Nos comentários do temptalia também falam que não é indicada para peles oleosas.

E achei esse vídeo (em português) da Mariana Doll, que faz uma resenha MARAVILHOSA e também afirma o que eu disse sobre potencializar a oleosidade da pele.

;)

A Saga: Tonalizando o cabelo Cobre C. Kamura

Para comprar, clique aqui

 ENTREM NO GRUPO DE RUIVAS NO FACEBOOK:

01

-

 

 

As gatenhas ficaram loucas com o post do meu cabelo aiuhaiuahiuah! É o post mais visitado EVER do blog e sempre recebo elogios e dúvidas. Então hoje vou falar sobre o acidente com ele (ya!) e como eu estou tonalizando ;)

FIA, foi bem assim: Cabelo ruivo NECESSARIAMENTE precisa ser tonalizado. Três lavagens e já era o ruivo bonitão.

Eu inventei de tonalizar com o 0.40 da Richesse (GUARDEM ESSA COR), e então abriu um ruivo barato de farmácia MUITO feio. Meninas, não me entendam mal. Depois que você gasta tranquilamente mais de R$1000 num certo período de tempo pra conseguir o cabelo dos sonhos e vê tudo perdido por causa de um tonalizante bostinha, dá tanta raiva :~. A comparação com a cor de “farmácia” é porque eu vi um acobreado do catálogo e no meu cabelo abiu aquele cereja fechado comum, sabe? Esse tonalizante da Richesse (não achei catálogo, sorry) é podre de amônia e estraga seu cabelo muito fácil.

Caracas, me bateu um desespero tão grande, mais TÃO GRANDE que saí do salão e fui passar o dekapcolor em casa no ato.

A tonta nem tirou uma fotinha do cabelo fail, mas tirei uma foto dele com um passo de dekapcolor:

HAHAHAHAHAHA cabelo açafrão! Não chorei, só fiquei rindo porque sabia que no dia seguinte ia ter que voltar ao You Enjoy e arrumar le cagada que eu fiz.

Essa foto me lembra a briga pela Igora 7.7, mas enfim!
Olá, minha Itely 8T + 8FA e ADEUS pontas. Ficaram tão magoadas e ofendidas, que pediram demissão da cabeleira. Cortei cerca de um palmo e meio, e ainda sinto falta  quando passo os dedos, sabe? :~

Bom, mas como eu disse antes:

“Ser ruiva laranja é ver seu dinheiro indo pro ralo em toda lavagem.”

Vamos lá, Tonalizando:

Usei o C Kamura cor COBRE. Custou mais ou menos R$20 na lojinha de cosméticos no centro de TaguaYork (só o povo de Brasília vai entender o trocadilho idiota).

Quem me indicou ele foi uma amiga de saga ruiva, a Fernanda Duarte (já já falo dela).
Fiz assim: Um tubo de C kamura e um tiquinho de máscara branca. Mas eu não sabia que a proporção tinha quer ser o contrário pra conseguir um laranjinha claro!

Esse tonalizante é VIDA demais! Cheiroso, cremoso, hidrata demaaaaais <3

Fiz como manda as instruções:
Lave o cabelo com shampoo, tire o excesso de água e passe o tonalizante massageando bem. Deixe 30 minutos e enxágue. 

E ficou assim:

Cobre C. kamura

Ain, escureceu :~ Eu deveria ter usado a cor “Conhaque”, mas mesmo assim tá melhor do que antes.

A Fernanda usa o mesmo tonalizante, só que ao invés do tubo inteiro, ela usa 1/4 do tubo com creme branco até ficar beeem laranjinha. Então o cabelo da gata fica laranja sim!

Danada linda!

Comparação final:
Duas semanas depois da Itely, seu cabelo ficará desbotado ASSIM, mas usando o C Kamura ele dá uma ajeitada.

Cobre C. Kamura

Viram como os fios estão mais saudáveis?

É isso, meninas! Assim que eu achar o conhaque, eu pinto e mostro a vocês. 

E óh, esse tonalizante é bom pra você que está com medo de tentar o ruivo, sabe? Não estraga o cabelo e sai com algumas lavagens.

 

 

Derpina manja da saga ruiva:

 

Clique aqui para comprar