• Resenha alchemist holographic Kat Von D

    O post de hoje é proibido para pessoas cardíacas: Resenha Alchemist Holographic Kat Von D. Uma paleta com 04 iluminadores difetentões, absurdamente lindos, pigmentados e surpreendentes.

    Resenha alchemist holographic Kat Von D
    Resenha alchemist holographic Kat Von D

    Eu vi essa neném quando visitei uma loja física da Sephora aqui em Brasília. O preço segurou meu juízo até o momento em que testei o produto no rosto.

    Lembro que fui ao shopping atrás de um iluminador edição limitada da MAC, mas me apaixonei primeiro por esse quarteto e não teve muita negociação, não.

    São 4 cores incríveis:

    • Green (emerald)
    • Ultra-violet (amethyst)
    • Blue (saphyre)
    • Pink (opal)

    Resenha alchemist holographic Kat Von D

    A textura é bem macia, quase aveludada. A pigmentação deles é absurda e, pelo tamanho, a paleta deve durar várias gerações.

    • A Green tem um acabamento esverdeado, mas puxa pra um fundinho dourado, sabe? Na minha opinião, é uma das mais versáteis e a que eu mais uso no meu dia a dia.
    • Já a Blue tem um brilho azul lindo, algo mais artístico e diferente.
    • A Ultra-Violet é bem violeta, chamativa e maravilhosa. É a minha segunda favorita da paleta só por ser tão diferente.
    • Pink é a barbiezinha delicadinha da paleta. Deve ficar maravilhosa em meninas negras pelo fundo rosado/dourado.

    Os iluminadores podem, inclusive, mudar o tom de várias sombras convencionais. É muito versátil e maravilhoso!

    Realmente, não consigo achar defeitos nela além do preço HAHAHAHA.

    Vem ver o vídeo da resenha comigo!

    Quem te viu quem te vê, né? 2015: Não uso iluminador, fico parecendo frigideira com óleo. 2017: PASSA ILUMINADOR EM TUDO SIM!

    HAHAHAAH. Aproveita e veja mais posts de iluminadores faciais e corporais aqui no blog (clique)!

    R$209,00 na Sephora. Tem em loja física e online. Vale a pena procurar revenda porque ela na gringa custa US$35,00.

    Beijo e até mais!

    Resenha Base Pausa Para Feminices na pele oleosa

    O post de hoje é uma Resenha Base Pausa Para Feminices!

    Oi, Gente! Acredito que a maioria de vocês já está sabendo ou ouviu falar da nova novidade que está sendo super comentada por aí: a base matte da Bruna Tavares PPF.

    Eu sempre fui muito fã dela, já acompanhava o blog e estava há eras guardando minhas verdinhas para comprar os batons da linha, então quando saiu a base eu PRECISAVA testar. Não só porque parecia ser uma ótima base, mas porque a cor ficaria certa pra mim (as mais branquelas que nem eu vão saber a dificuldade que é achar uma base nacional que fica na cor certa, quase tudo fica escuro).

    Pois bem, comprei a base no mês passado e aqui estou para passar minhas impressões sobre ela.

    A base

    Resenha Base Pausa Para Feminices
    Resenha Base Pausa Para Feminices

    A linha foi lançada com 8 cores diferentes que vão da mais clara PPF 01 até a mais escura a PPF 08. Agora, conta com mais 8 cores que são intermediárias entre as cores existentes. Como a Bruna conta no blog, ela procurou ser bem democrática atendendo às peles mais claras até as mais negras e possibilitando misturas para chegar nas cores que (ainda) não tenham na linha.

    Ela promete se adaptar em peles secas, mistas e oleosas, graças à composição que conta com vitamina E e óleo de côco que garantem a hidratação ao longo do dia e à microesferas que absorvem a oleosidade, o que garante um controle da oleosidade na pele oleosa e mista. Por ser matte promete um acabamento sequinho e sedoso, com um pé no primer.

    A embalagem é simples, mas é a coisa mais linda do mundo: uma linda sereia cujo tom de pele é diferente de acordo com a cor escolhida. Super fofa e representativa, né?

    O que eu achei dela?

    A base em si é cremosa e beeeem consistente. Estou muito acostumada com as bases da vult que são mais líquidas e escorrem com facilidade, enquanto que a PPF parece um mousse e mantém a forma que pega, sem escorrer, nem afundar no pincel.

    Tem cheiro suave e gostosinho, sem aquele cheiro de maquiagem que algumas bases tem. Tem alta cobertura, secando rápido conforme você espalha na pele – quanto mais espalhar, mais rápido vai secar.

    Depois que seca, fica matte, sem brilho e com toque macio, mas claro que isso depende de como você passa. Se passar com os dedos ou esponja úmida ela fica com um viço maior, um leve brilho de pele saudável.

    O acabamento pode ser reboco (a.k.a. “Oi estou de maquiagem”) ou natural dependendo da quantidade de base que você usar. Levando em conta que ela tem alta cobertura e cobre bem espinhas e manchas na pele, é difícil atingir aquele no make up look em que parece que sua pele é naturalmente linda assim (nem é essa a proposta da base também, se é pra chegar num acabamento mais natural, melhor usar outra base mais leve, tipo a HD da Vult).

    Além disso, como a própria Bruna explicou no blog dela, o acabamento NÃO é opaco. Ele mantém um certo brilho na pele, então se quiserem que a pele fique totalmente opaca tem que usar pó compacto.

    Resenha Base Pausa Para Feminices

    No teste de cobertura que fiz, comparei ela com a base matte da Tracta, a base Matte da Vult, a base Dermacol e a HD da Vult. Nesse quesito a Dermacol é imbatível, mas depois dela vem a base PFF com mais cobertura que a base matte da Tracta, seguida pela matte da Vult e por último fica a HD.

    Eu escolhi a cor mais clara (na época era a cor 1, agora tem a 0,5 que já comprei praa testar) sem nem pestanejar, porque geralmente são sempre as mais claras que dão certo pra mim e mesmo assim algumas marcas acabam ficando escuras (QDB, O Boticário, Maybelline são alguns exemplos de marcas que não tem bases tão claras quanto a minha pele).

    Felizmente a cor deu certo, mas o resto nem tanto (de início). Nas primeiras vezes que passei ela, não sei se foi a quantidade ou a minha pele que estava uma bosta (ou os dois) ela ficou super marcada, craquelada e em questão de meia hora já tava derretendo, saindo na mão, roupa, água, tudo que chegasse perto.

    Minha pele oleosa derrota qualquer base em questão de horas, mas duas a três horas é a média pro sebo começar a vencer (quando uso meu xodó protetor solar da Bioré, dura umas 6 horas sem oleosidade. Ooo saudades). Então quando vi que ela não tava durando nada comigo, entrei em desespero.

    Eu demorei muito pra me ajeitar com ela e conseguir usar, mas sinto que o clima foi peça chave. Quando morava em MS ela simplesmente não dava certo pra mim, foi quando me mudei para Porto Alegre que consegui usar ela.

    Tenho pele oleosa e por isso não uso hidratantes o que é um erro. Em climas muito secos isso faz com que minha pele resseque e produza mais óleo, o que é receita para nenhuma base durar na pele. O que eu fiz foi: usar uma pequena quantidade de base na pele hidratada, com pincel ou esponjinha úmida, espalhar bem e selar com pó.

    A gotinha bem pequena que uso, coloco ela direto no pincel mesmo

    Quando o clima está mais seco eu bebo bastante água para manter a hidratação, deixo a pele hidratada antes de passar a base e uso a esponjinha úmida. Quando o clima está úmido eu dispenso o hidratante e uso a esponja úmida.

    Resultado: pele matte por umas 3 horas, onde o brilho começa a aparecer. Lá pelas 5 a 6 horas de uso começa a sair ao redor do nariz e boca e o vermelho volta a aprecer. É quando eu deveria lavar o rosto e reaplicar, mas a essas alturas eu já estou tão envolvida no trabalho que nem levanto pra beber água, quem dirá retocar a maquiagem.

    Resenha Base Pausa Para Feminices
    Pele limpa X Com base PFF

    Como podem ver ela dá uma marcada nas minhas linhas de expressão (meta para 2018: botox na testa), porém cobre sem dificuldades todas as manchas de espinhas e ameniza horrores minhas olheiras, utilizando só uma gotinha do produto.

    No geral, eu adorei a base e é, atualmente, uma das que mais uso.

    Vocês podem encontrar ela a venda na loja TBlogs Shop por R$35,90 + frete. Veja mais resenhas da PPF clicando aqui.

    Alguém aí já usou?

    Conheça todas as linhas da Soul Power Brasil!

    A Soul Power Brasil é uma marca brasileira, voltada para cabelos ondulados, cacheados, crespos e em transição.

    Há produtos pensados em cada grau de curvatura, e também produtos que se adaptam à todas necessidades. E claro, essa delimitação é teórica, mas na prática dá pra testar todos os produtos sem medo de se arrepender.

    Soul Power Brasil

    Minha gatinha quis sair na foto HAHAHA. 

    Transição capilar e couro cabeludo

    Condicionador Big Help Bomb, Shampoo Big Wash Bomb, Máscara Force Mask Bomb, Ampola Big Power Bomb e óleo de rícino Black Oil.

    Linha focada na transição, com característica de dar força e estimular o crescimento dos fios. A máscara entra na etapa de reconstrução do cronograma capilar.

    Crespos

    A linha tem foco em cabelos crespos e que necessitam de uma nutrição intensa. A máscara tem textura de manteiga, e é uma nutrição mega potente.

    Cacheados

    Para cabelos 3ABC, creme mais leve do que o para crespas. A máscara Booster Mask tem características de nutrição, deixa o cabelo muito macio!

    Onduladas

    As onduladas não ficaram de fora. É o creme que mais uso, revezando com o para cacheadas. A máscara tem característica de hidratação dentro do cronograma.

    Para todas as curvaturas

    Soul Power Brasil

    Na foto ficou faltando o Oil Control, uma loção específica para cabelos oleosos. Tem post mostrando melhor esses produtos nesse link aqui (clique).

    Sobre as máscaras

    Elas funcionam para todas as curvaturas, e podem ser usadas de acordo com as necessidades de cada cabelo e também de acordo com a etapa do cronograma capilar. O cheiro de cada produto é diferente, mas todos suaves e não enjoativos.

    Pra ajudar:

    Se meu cabelo gosta? Deixo com vocês:

    Agora vem dar play no vídeo que mostrei cada produto:

    Gostaram, meninas? No meu Instagram eu uso e falo com frequência dos produtos em geral. Então não deixe de me acompanhar por lá (@gleiciduartee) e também o perfil oficial da Soul Power Brasil (@soulpowerbrasil).

    Beijo!

    Resenha Argila Branca Clareadora Quintal

    Há algumas semanas eu comprei esse kitzinho de cuidados com a pele, e hoje finalmente trouxe a Resenha Argila Branca Clareadora Quintal.

    Eu procurava alguma linha pra uniformizar a pele, e também um hidratante pra pele mista que eu pudesse incluir na minha rotina. Eis que a opção indicada na loja foi esse kit da Quintal.

    Resenha Argila Branca Clareadora Quintal

    Segundo o fabricante:

    “O tratamento facial Quintal – Terra de Cores Clareador é feito para peles com manchas, tonalidades destoantes e/ou peles delicadas.

    Promove clareamento de manchas superficiais (ex: causadas por danos solares ou estímulos hormonais) e uniformiza o tom da pele. Apresenta propriedades antioxidantes, suavizantes, remineralizantes e ativa a luminosidade natural. Absorve a oleosidade excessiva sem desidratar, além de apresentar efeito cicatrizante e adstringente.

    Feito com Argila Branca, a mais suave de todas as argilas, possui pH muito próximo ao da pele, e é rica em Alumínio, com propriedades cicatrizantes.

    Enriquecida com Nanovetor do Óleo de Romã, vitamina C, e extrato clareador de limão, a Máscara Facial Clareadora promove clareamento de manchas superficiais (ex: causadas por danos solares ou estímulos hormonais) e uniformiza o tom da pele. Apresenta propriedades antioxidantes, suavizantes, remineralizantes e ativa a luminosidade natural. Absorve a oleosidade excessiva sem desidratar, além de apresentar efeito cicatrizante e adstringente.

    O Hidratante Facial Clareador contém também Nanovetor do Óleo de Romã, vitamina C, e extrato de limão, e é formulado com Silício Orgânico, que restaura a elasticidade, tonicidade e firmeza da pele, além de hidratar de forma intensa. Apresenta textura leve e fluida, conta com Seda de Arroz e Tapioca, responsáveis por transmitir toque seco e suave, conferindo “efeito matte”.”

    A argila tem uma textura bem refinada, diferente das mais grosseiras que encontramos por aí. Ela tem uma textura quase de gel, com grânulos sutis que não machucam a pele. Da pra fazer uma camada mais fina sem desperdiçar o produto. O cheiro é muito suave e natural, e a máscara seca em 20 minutos após a aplicação, em média.

    O hidratante é bem leve e bem fluido, com toque mais seco e fica totalmente matte na pele. Uso ele após retirar a argila, e sinto uma leve ardência na pele até que ele seque totalmente. Uso o hidratante no meu dia a dia também, e ardência é mais evidente apenas quando uso a argila. Acredito que seja pela esfoliação que a argila proporciona.

    Ela clareia sim, sutilmente, mas clareia. A função da argila é uniformizar levemente a pele e remover impurezas, mas ela não tem uma ação descamativa como um ácido dermatológico, sabe? Não invistam no kit visualizando uma pele 100% uniforme e livre de manchas, essa não é a proposta dos produtos.

    Minha preocupação, logo de primeira, foi sobre o tamanho das nanopartículas utilizadas. Nanopartícula é um assunto muito debatido no universo da cosmetologia pela necessidade de certificação da dimensão das moléculas que, se muito pequenas, atravessam a corrente sanguínea e migram para vários tecidos dentro do corpo.

    Tive a oportunidade de conversar com a responsável técnica da marca que garantiu uma cadeia de responsabilidade na seleção dos compostos de cada produto. Achei muito bacana a prontidão em esclarecer todas as dúvidas.

    A empresa é brasileira, os produtos são testados dermatologicamente e também são veganos e livres de crueldade. Vale a pena conhecer mais a marca lendo sobre no site oficial. Amei a identidade visual de tudo!

    Paguei cerca de R$140,00 na loja física da Sephora, mas, durante a escrita desse post, vi o kit em promoção na Sephora por R$83,00 com frete grátis. Tô indignada HAHAHA.

    E vocês? Usam argilas na rotina de pele?

    Resenha Demaquilante Bioré Kao Perfect Cleansing Oil Makeup Remover

    Helloo pretty girls, como estão? Venho hoje com mais uma resenha Demaquilante Bioré.

    Semana passada trouxe a resenha do protetor solar da marca que é meu queridinho do século e hoje vou falar pra vocês do óleo removedor de impurezas e maquiagem da mesma marca (que comprei junto com o protetor).

    Demaquilante Bioré
    Demaquilante Bioré

    O único outro óleo que usei foi o da Body Shop que é um amorzinho, mas super caro pro meu bolso. Acho ótimo a praticidade, o fato de não machucar a pele e também de eles praticamente sairem somente com água (o que não dispensa o uso de um bom sabonete e um toner/adstringente depois).

    O da Bioré vem numa embalagem rosa, transparente, com um pump pra retirar o óleo o que facilita muito a vida (imagina abrir e fechar embalagem com as mãos lambuzadas de óleo?). O óleo é transparente e o cheiro me lembra fruta e algum outro produto de cosméticos que já usei. Meu boy disse que tem cheiro de banana, hahaha.

    Quanto a efetividade do produto, testei com um batom líquido matte da QDB?, um da Látika cosméticos (cuja resenha está aqui), delineador em gel da Maybeline, rímel Colossal Maybeline e sombra Blackheart da paleta Naked3.

     

    Demaquilante Bioré
    Demaquilante Bioré

     

    Como podem ver nas fotos o removedor retirou praticamente tudo, sobrando um resquício do batom matte da QDB? e o delineador em gel da Maybeline. Ele retirou completamente os outros produtos e nem precisei esfregar, só massagear.

    Definitivamente está aprovado!

    Eu comprei pelo Ebay por $14.00 (14 dólares) por este vendedor (clique) e demorou 17 dias pra chegar; não fui taxada (tive a sorte de não ficar retido na Receita/Correios).

    E aí? Alguém já conhecia o produto?

    =))